Intercâmbio: parte I - Como funciona

30/03/2013 || || ||
Found on: We♥It
Olá gente!
Eu e minhas amigas estávamos hoje vendo vídeos de meninas que fizeram intercâmbio, oque nós achamos muito legal, e eu acabei me inspirando em fazer uma série de postagens falando sobre intercâmbio, e também gostaria de agradecer à Vicky pelas várias ideias que ela me deu, quem quiser participar do grupo da Vicky no face é esse aqui.
Para começar essa série, decidi postar sobre como funciona o intercâmbio, achei tudo no site WesBrasil.

O intercâmbio cultural para jovens em idade ainda escolar (nível ensino médio), nasceu logo após a Segunda Guerra Mundial numa tentativa de restabelecer o entendimento entre os povos atingidos pela guerra e assim promover a paz mundial. Conhecer os hábitos, valores e costumes de um outro povo em um outro país contribuiria para que as gerações futuras se entendessem melhor. São inúmeros os relatos de jovens que ao voltar de uma experiência como essa, seja na América do Norte, Europa, Oceania ou Ásia, não mais conseguem dissociar aqueles países das pessoas com quem compartilharam parte de suas vidas por um, dois ou mais semestres escolares. Os países antes apenas estudados nas aulas de Geografia aqui no Brasil, passam a ser de carne e osso e a ter um lugar especial no coração do jovem intercambista.
 O intercâmbio basicamente funciona dessa maneira: escolas e famílias no exterior se qualificam para receber alunos e os novos membros de suas famílias por um tempo determinado.
Nos países de destino há organizações governamentais credenciadas ou privadas que administram o processo de colocação do aluno nas escolas e famílias anfitriãs, e monitoram o aluno por todo o tempo de duração do programa de estudo.
No país de origem do aluno, agências especializadas em intercâmbio trabalham com as organizações governamentais credenciadas ou privadas no exterior que recebem os alunos.  Agências sérias e idôneas fazem uma avaliação do perfil do intercambista e de seu nível linguístico, entrevista os pais, orienta e prepara os intercambistas para esse desafio não apenas operacional, mas tambem cultural e emocionalmente. A fase de pré-embarque e as reuniões que acontecem são essenciais para o sucesso do intercâmbio.
 O termo intercâmbio é usado comumente, pois a idéia da troca (de experiências, cultura, valores e hábitos) está implícita. Há programas de estudo, hoje em dia, para todas as idades, e não apenas para jovens de 14 a 18 anos. Programas para famílias inteiras (com serviço de babá disponível), programas de Estudo e Trabalho para universitários, programas com estágios para jovens profissionais, programas de férias + estudo, programas para adultos voltados para a língua desejada e aliado a áreas específicas como marketing, negócios, Inglês para médicos, etc.  estão entre as diversas opções.  
Hoje a palavra é usada de forma bem abrangente e se aplica a toda experiência cultural e escolar vivenciada no exterior.
E então gente, oque acharam dessa nova série? Vocês tem sugestões para ela? Digam-me! :)

6 comentários:

  1. Eu amei a ideia, adoro intercâmbio, até quero fazer u3u Vai ajudar bastante gente, garanto. Ain, você me citou *---*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também quero fazer intercâmbio u_u
      Obrigada *w*

      Excluir
  2. Muito interessante! Eu quero fazer um intercâmbio para INglaterra no ensino médio C:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quero fazer intercâmbio pra Paris ou pros Estados Unidos *-*
      Obrigada :D

      Excluir
  3. sempre tive a curiosidade de saber mais, quem sabe um dia eu faça o/
    acervo-de-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir

Design por Leandro/Prince Teen | Proibida qualquer inspiração no Layout FREE | Tecnologia do Blogger | Todos os direitos reservados © 2013